Era uma vez...

E como encontraram
Tal qual encontrei
Assim me contaram
Assim vos contei...

29 de maio de 2009

27 de maio de 2009

"Todas as Vidas" - Cora Coralina


Vive dentro de mim Vive dentro de mimuma cabocla velha a mulher roceira.de mau olhado, - Enxerto da terraacocorada ao pé do borralho meio casmurra.olhando pra o fogo. Trabalhadeira.Benze quebranto Madrugadeira.Bota feitiço... Analfabeta.Ogum, Orixá. Bem parideira.Macumba,terreiro Bem criadeira.Ogã, pai-de-santo... Seus doze filhos.Seus vinte netos.. Vive dentro de mim a mulher do povo. Vive dentro de mimBem proletária. a mulher da vida. Bem linguaruda, Minha irmãzinha...desabusada , sem preconceitos tão desprezada,de casca grossa, tão murmurada...de chinelinhas, Fingindo alegre seu triste fado.e filharada. Todas as vidas dentro de mim:Na minha vida -A vida mera das obscuras.

Canta e Dança Mulher



"Lembra mulher de quando teus pés descalços pisavam na terra molhada, depois da tempestade tão esperada. Recorda quando teus ouvidos sabiam compreender as mensagens que o vento assoprava para o teu espírito. Inspira fundo e sente o aroma daquela época onde viveste próxima aos frutos e às flores e tudo acontecia em tempo certo, sem apressamentos. Compreende que teu corpo e tua alma obedeciam à voz da Grande Mãe, e tua vida fluia plena de sabedoria, pois tu representavas a Deusa, o Sagrado Feminino, e de ti resplandecia toda a generosidade. Recorda que conhecias bem os mistérios da lua, tua irmã, e te guiavas por instintos e intuições, sonhavas com as respostas e cheia de confiança em teu coração guiava a tua vida e de tantos outros por caminhos seguros. Tua natureza, sempre disposta a dar vida e dela cuidar, ligada por estreitos laços aos ritmos e ciclos do universo, sabia cantar e dançar, e assim espalhava alegria pelo norte, pelo sul, pelo leste e pelo oeste, sem perder o teu centro. Rosa dos ventos e dos tempos, hoje estás novamente aqui, mas não te esqueça jamais de continuar a cumprir o teu sagrado papel.O Universo ainda carece do teu feminino...Ah! Então canta e dança... E o destino dos homens se cumprirá!"(Autoria desconhecida)

26 de maio de 2009


Pergunte ao silêncio de uma floresta, cheia de vidas misteriosas:
"- O que é esse silêncio?" Ele te responderá: "- É o Grande Mistério! O Silêncio sagrado é a Sua voz, depois da aurora do mundo.
"Se voce lhe perguntar:"- Quais são os frutos do Silêncio?" ele te responderá:"- O dominio de si mesmo, a verdadeira coragem ou a perseverança, a paciência, a dignidade e o respeito.
"Aprenda a interrogar o silêncio. Ele é a terra interior, o espaço sagrado onde se enraíza o teu espírito.

Bastão que Fala


Participei de uma Sauna Sagrada e como preparação Eduardo Medeiros nos mostrou o “Bastão que Fala”...

O Bastão que fala é um instrumento usado pelos nativos americanos para dar um significado mais profundo e verdadeiro a comunicação...Nosso mestre Du nos disse segurando o bastão:
“Quando alguém segura o bastão os outros se calam.
Se você não concorda deve procurar em silencio, aquela sombra dentro de você.
Observe a necessidade de respeitar a opinião do outro, porque tudo é um pedaço do Todo.”

22 de maio de 2009

Dedicado ao Escudo do Sul.


"Na medida em que os anos forem se estendendo na minha estrada, espero não me apegar a idéia de parecer mais jovem do que sou, mas sim, abrir mão da juventue e logo voltar a ter o espírito de uma criança." ( Gi)

21 de maio de 2009

sobre o perdão


Pensar sobre o perdão me reforça a idéia de que errei.
No entanto, penso na infância de todos os atos, na infância de todas as coisas, na pueridade de todos os erros.
Nunca “errei” com convicção. A percepção do erro sempre veio “a posteriori”.
Às vezes, erro com uma leve sensação de estranheza... Não estou confortável no erro, sei que algo não está certo, mas nesta atitude ainda não existe a convicção do acerto.
Assim sendo, estou em aprendizado, estou amadurecendo, neste determinado aspecto, assim que este processo se completar, certamente não repetirei o erro. Posso fazer uma grande lista de coisas “condenáveis” que já fiz no passado e hoje não faria. Mas, se existe a necessidade de perdão é porque em algum momento existe a condenação e na condenação existe a comparação, a vergonha, o “outro”. O “outro” na maioria das vezes é um “ser superior e perfeito segundo a moral vigente”. E a moral vigente pode considerar “erro” o que melhor lhe aprouver...
Vejam só: Adão e Eva cometeram o erro de comer uma maçã... e pagaram muito caro por isso, atualmente há quem diga que uma maçã por dia previne o envelhecimento.
Já a Coitada da Dalila até hoje é “mal falada” porque cortou o cabelo do Sansão, para que ela fosse tão condenada nos dias atuais teria que fazer cortes muito mais radicais...
A relatividade dos erros me leva a relativizar também o perdão.
Não acredito no perdão, acredito no “não-julgamento” e no entendimento que precisamos de tempo para que o amadurecimento se faça. E ainda não acredito do perdão quando o que fere continua ferindo, neste caso devemos nos afastar. Amor próprio implica que você assume o compromisso de cuidar de você e é capaz de crescer e amadurecer naturalmente, sem julgamentos, porem com alteridade e responsabilidade.
Precisamos entender que nós somos o mundo. Ao ferir qualquer ser humano estamos ferindo toda a humanidade. (Gi)

20 de maio de 2009

O que você quer ser quando crescer???




Frases retiradas de revistas femininas da década de 50 e 60

- Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas. (Jornal das Moças, 1957)

- Se desconfiar da infidelidade do marido, a esposa deve redobrar seu carinho e provas de afeto. (Revista Cláudia, 1962)

- A desordem em um banheiro desperta no marido a vontade de ir tomar banho fora de casa. (Jornal das Moças, 1945)

- A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas. Nada de incomodá-lo com serviços domésticos. (Jornal das Moças, 1959)

- Se o seu marido fuma, não arrume briga pelo simples fato de cair cinzas no tapete. Tenha cinzeiros espalhados por toda casa. (Jornal das Moças,1957)

- A mulher deve estar ciente que dificilmente um homem pode perdoar uma mulher por não ter resistido às experiências pré-núpciais, mostrando que era perfeita e única, exatamente como ele a idealizara. (Revista Claudia,1962)

- Mesmo que um homem consiga divertir-se com sua namorada ou noiva, na verdade ele não irá gostar de ver que ela cedeu. (Revista Querida, 1954)

- É fundamental manter sempre a aparência impecável diante do marido. (Jornal das Moças, 1957)

E finalizar a " mais mais " de todas :- O LUGAR DE MULHER É NO LAR. O TRABALHO FORA DE CASA MASCULINIZA. (Revista Querida, 1955)http://www.mulher500.org.br/index2.html
O que me entristece, é que a mídia nos diz como devemos nos comportar para sermos "amadas" e ainda também reforça o tempo todo nossas "imperfeições" físicas, emocionais, psicológicas, intelectuais, espirituais, etc. Atitude que aumenta ainda mais a idéia de que a mulher é um objeto de consumo, que deve se esforçar eternamente para atingir "alto nível de qualidade" para ter valor no mercado.
A Santa Inquisição iria adorar o que estão fazendo com as mulheres atualmente...Antigamente queimavam nossos corpos, atualmente queimam nosso espírito.

Se tú entrar em uma tribo, e perguntar:- Quem é o mais bonito?Todos levantam a mão.- Quem é o mais feliz?Todos levantam a mão.- Quem esta em Paz?Todos levantam a mão.Isso é estar em Paz. A Paz nada tem haver com canhões e armas, ela tem haver com competição, as armas são frutos dessa competição. Um quer ser mais bonito, mais rico, mais gostoso, mais feliz, mais amoroso que o outro e isso é a Guerra.Quando cada um fizer a sua parte e relaxar, a Paz reinará e a Guerra tomará o seu lugar.O ato deve ser o de Paz e não o de ´´combater´´ a Guerra.Não pense na Guerra, esteja em Paz!!!E que a Paz esteja em seu coração.Anand Milan (Urso que Dança) http://artesagrada.blogspot.com/

19 de maio de 2009



Talvez alguém precise cuidar "daquele" espaço interno, onde parreiras frutificam e jardins florescem...


18 de maio de 2009


"Tudo aquilo que a nossa civilização rejeita, pisa e mija em cima, serve para poesia."

Manoel de Barros

Sexualidade

No passado conter a liberdade sexual da mulher era a única forma de preservar com segurança o patrimônio dentro da linhagem familiar. Como diziam os italianos: filho de minha filha, neto meu é, porém filho de meu filho, de quem será? A mulher, foi imposto um modelo de comportamento que era conveniente aos interesses materiais.Hoje, as pessoas ainda dão "nomes" chulos as mulheres, mantendo-as dentro de um sistema de repressão sexual velada, que impede a mulher de ser dona do seu prazer. Assim incentivada a ser sexy o tempo todo a mulher ser esquece de ser erótica, se esquece de sentir.Sutilmente, impelida pelo sistema a ser escrava de um padrão que de beleza ridículo e humilhante, o corpo feminino continua a ser vendido, continua a não lhe pertencer...O prazer que lhe caberia encontra-se nos olhos do observador...Mulher para ser olhada, mulher com pose de menina...Mulher que quer ter corpo de criança subnutrida...
Gislaine
12 de Maio de 2008 20:21







"As ferramentas mágicas que a avó arquétipica usa para a transformação não mudam há milhares de naos. A mesa da cozinha. A luz do lampião. Um única vela. A música. O ritual. O insight. A intuição. A sopa. O chá. A história. A conversa. O longo passeio. A confissão. A mão amorosa. O sorriso brincalhão. A sensualidade bem resolvida. O senso de humor malicioso. A capacidade de examinar os outros e ler sua alma. A palavra gentil. O provérbio. O coração atento. A perspicácia, para quando necessário, proporcionar aos outros a experiência angustiante do "olhar".




(de A Ciranda Das Mulheres Sábias - Clarisse pinkola Estés)

14 de maio de 2009

Liberdade

A gente sempre tem escolha, mas assumir escolhas é coisa de adulto. Agir e levar a vida como se as pessoas e as coisas não deixassem saída é próprio de quem não se responsabiliza... A cada minuto devo tomar para mim o poder de ser...Ser singular, ser verdadeiro, ser límpido, ser a Luz que um dia me criou e confiou em minha capacidade de iluminar o mundo com exemplos, vibrações, pensamentos...Liberdade é ser você, liberdade é ser o Deus que existe em você...Liberdade não é não ter compromissos...Liberdade não é não se importar com o que está em volta de você...Liberdade é ser verdadeiro e bondoso ao mesmo tempo...Liberdade é perceber o Deus dentro pequena criatura que existe sobre a mãe terra e respeitar sua capacidade de crescer e amar. (Gi)

SOBRE DIREITOS AUTORAIS

As fotos, figuras, textos, frases visualizadas neste blog, são de autorias diversas. Em alguns casos não foram atribuidos os créditos devidos por ignorância a respeito de sua procedência. Se alguém tiver
alguma objeção ou observação por favor contatar-me.
Namastê























CURRENT MOON