Era uma vez...

E como encontraram
Tal qual encontrei
Assim me contaram
Assim vos contei...

30 de dezembro de 2010

A Jabuticabeira assustada por Carminha Levy


Por 35 anos moramos com nossos seis filhos numa grande casa e havia no quintal,
 entre outras árvores frutíferas, uma jabuticabeira que nunca tinha dado UM fruto. 

A uma certa altura, os filhos casaram, saíram de casa e essa se transformou 
num grande elefante branco, cercada de espaço por todos os lados.

Para ocuparmos o espaço ocioso, resolvemos desmembrar a casa em duas. 
Para tanto precisávamos  eliminar a preguiçosa jabuticabeira que estava 
bem no meio do caminho do nosso projeto.

Meu marido, que tem "dedos verdes" e profunda conexão com o reino vegetal,
 colocou a mão no tronco da dita jabuticabeira e com determinação e um certo pesar disse:
"Sinto muito, mas você não deu um fruto nesses trinta e cinco anos, portanto lamento muito, 
mas vou ter que derrubá-la, pois onde você está ficará nossa nova cozinha."
Passada uma semana, acordamos com um forte cheiro adocicado de
flores que invadia toda a casa.
 Procurando de onde provinha aquele aroma delicioso, pois não havia flores dentro de casa, 
qual não foi nossa surpresa ao depararmos com a jabuticabeira coberta de flores, do tronco aos mais finos galhos, flores essas que se transformaram em tantos frutos que uns expulsavam os outros, lutando por espaço para sobreviver.
Alegres como crianças, chamamos todos os vizinhos e amigos e
 a história se espalhou pelo bairro e
 ainda hoje é contada pelos antigos choferes de táxis como o milagre da jabuticabeira assustada, que ao se ver condenada à extinção, resolveu produzir
maciçamente e até hoje, passados quinze anos,
 continua dando esta florada quatro vezes por ano. 
E isso em pleno Itaim Bibi, cercada de bares, confecções e intenso trânsito.
Desejo à todos meus queridos e amados amigos que em 2011 vocês não precisem levar um susto de sobrevivência para poder fazer desabrochar todos
os seus potenciais aprisionados pela preguiça.
Axé na Luz, Paz, Saúde e Concórdia,
Carminha Levy

SOBRE DIREITOS AUTORAIS

As fotos, figuras, textos, frases visualizadas neste blog, são de autorias diversas. Em alguns casos não foram atribuidos os créditos devidos por ignorância a respeito de sua procedência. Se alguém tiver
alguma objeção ou observação por favor contatar-me.
Namastê























CURRENT MOON