Era uma vez...

E como encontraram
Tal qual encontrei
Assim me contaram
Assim vos contei...

31 de outubro de 2010


“A Mulher Selvagem nos abraçará enquanto estivermos chorando. 
Ela é o Self instintivo. 
Ela consegue suportar nossos gritos, nossos uivos,
 nosso desejo de morrer sem morrer. 
Ela sabe aplicar os melhores remédios nos piores lugares. 
Ela ficará sussurrando e murmurando aos nossos ouvidos. 
Ela sentirá dor pela nossa dor. Ela a suportará.
 Não fugirá. Embora haja inúmeras cicatrizes, 
é bom lembrar que, em termos de resistência à tração e à capacidade 
de absorver a pressão, uma cicatriz é mais forte do que a pele.”

Mulheres que Correm com os Lobos, Clarissa Pinkola Estés



SOBRE DIREITOS AUTORAIS

As fotos, figuras, textos, frases visualizadas neste blog, são de autorias diversas. Em alguns casos não foram atribuidos os créditos devidos por ignorância a respeito de sua procedência. Se alguém tiver
alguma objeção ou observação por favor contatar-me.
Namastê























CURRENT MOON