Era uma vez...

E como encontraram
Tal qual encontrei
Assim me contaram
Assim vos contei...

14 de outubro de 2010


"Limitar a beleza e o valor do corpo a qualquer coisa inferior 
a essa magnificência é forçar o corpo a viver sem seu espírito de direito, 
sem sua forma legítima, seu direito ao regozijo.
 Ser considerada feia ou inaceitável porque a nossa beleza está fora da moda 
atual fere profundamente a alegria natural que pertence à natureza selvagem."
"É claro que a natureza instintiva das mulheres 
valoriza o corpo e o espírito
 muito mais por capacidade de vitalidade, 
sensibilidade e resistência do que por qualquer avaliação da aparência. 
Esse ponto de vista não pretende descartar
 aquilo que seja considerado belo por qualquer segmento da cultura, 
mas, sim, traçar um círculo mais amplo que 
inclua todas as formas de beleza, forma e função. "
( Clarissa Pinkola Estes)

SOBRE DIREITOS AUTORAIS

As fotos, figuras, textos, frases visualizadas neste blog, são de autorias diversas. Em alguns casos não foram atribuidos os créditos devidos por ignorância a respeito de sua procedência. Se alguém tiver
alguma objeção ou observação por favor contatar-me.
Namastê























CURRENT MOON