Era uma vez...

E como encontraram
Tal qual encontrei
Assim me contaram
Assim vos contei...

17 de abril de 2014

Presente



Era noite de Natal e eu havia acabado de ganhar um presente...Era um lindo vestido grande demais para mim. Na semana seguinte fui a loja e o troquei por um vestido vermelho e de outras cores, de um tipo que me lembra roupa simples de chita, que eu amo, porque faz com que me sinta simples, simplesmente mulher.... , e me faz lembrar que a vida é simples, simplesmente um presente...
Eu acredito que se você não está recebendo seus presentes é porque está com o presente errado, no momento errado, no lugar errado, com a pessoa errada, no trabalho errado...
Mas meu vestido que-parece-chita, veio sim...pelas mão certas, da pessoa certa..., percorrendo o caminho que conseguiu percorrer...E assim são todas as coisas...
Estou certa de que o destino de tudo o que existe é a felicidade.
Só pode ser a felicidade – não é a dor, a expiação, a culpa, a infelicidade, o ódio, o sofrimento..., é a felicidade. Só a felicidade pode manifestar o bem. Não falo de um “estado de paraíso”, sem problemas ou dificuldades, falo de um estado de bem-aventurança, onde você sente que está fazendo a coisa certa, vivendo sua história, sabendo que ela te pertence, que é sua missão estar aqui e agora, apesar das dificuldades, a sensação de integração faz com que sinta que existe significado, e que a vida é um grande e intenso presente.
Gislaine Carvalho Rodrigues

SOBRE DIREITOS AUTORAIS

As fotos, figuras, textos, frases visualizadas neste blog, são de autorias diversas. Em alguns casos não foram atribuidos os créditos devidos por ignorância a respeito de sua procedência. Se alguém tiver
alguma objeção ou observação por favor contatar-me.
Namastê























CURRENT MOON