Era uma vez...

E como encontraram
Tal qual encontrei
Assim me contaram
Assim vos contei...

8 de abril de 2014

O fantasma do celeiro




Tudo aconteceu no inverno do tempo das grandes luzes...
Auroras cintilavam na noite e protegidos pelo calor do fogo olhávamos o céu através do vidro da janela... 
Certa noite eu a vislumbrei pelo canto dos olhos... e uma terrível convicção gelou-me os intestinos: "havia uma assombração no celeiro!!!" Como ninguém mais além de mim havia tido a visão entendi que o problema era comigo... Naquela noite dei-me conta de que a noite tem som de silêncio ensurdecedor. Com a cabeça coberta e os pés encolhidos, adormeci embalado por meus tremores.
Dia seguinte, acordei corajosamente decidido a evitar o celeiro. Nada me faria entrar por aquela porta escura, usaria de todos os meus argumentos e determinação de guerreiro para evitar aquela calamidade. Pensando melhor evitaria olhar pela janela à noite também...
Os dias se passaram e as noites esquentaram...E em uma noite escura como o breu, avistei o fantasma novamente!!! Desta vez a sombra saia da janelinha do celeiro e voando para apavorar algum menino indefeso ...Percebendo que o monstro estava desinteressado de mim resolvi mantê-lo sob vigilância. Noite após noite via a sombra indo e voltando...Até que na lua cheia veio a espantosa revelação...Voando no clarão da Lua meu fantasma se transformou em uma enorme coruja branca!
"Ahhh que alegria!!" Não é um fantasma!! É uma amiga!!
Nos dias que se seguram me aproximei do celeiro e vi que "minha amiga" estava chocando seus ovos. A partir daí eu cuidava dela, oferecia-lhe pequenos pedaços de carne e ela gritava alegremente, espantando os fantasmas quando me via observando a noite escura.


(Estórias para crianças de poucos e muitos anos - Gislaine Carvalho Rodrigues)

SOBRE DIREITOS AUTORAIS

As fotos, figuras, textos, frases visualizadas neste blog, são de autorias diversas. Em alguns casos não foram atribuidos os créditos devidos por ignorância a respeito de sua procedência. Se alguém tiver
alguma objeção ou observação por favor contatar-me.
Namastê























CURRENT MOON