Era uma vez...

E como encontraram
Tal qual encontrei
Assim me contaram
Assim vos contei...

24 de maio de 2011

Quem somos nós?

 Recendendo  a incensos, 
com  vestes claras e luminosas apontamos nossos crueis 
dedos aos pobres humanos inferiores que não resistirão a "limpeza planetária"...
A inveja se avoluma as nossas costas sedenta de lisonjas...
Vendemos nossa almas por um pouco mais de beleza artificial...
Desejamos tudo o que seja automático, pois nossa inércia nos domina...
Temos a certeza e o conhecimento da verdade... (!!!) 
e assim explicamos porque são violadas as crianças africanas, 
porque sofrem o povo do Japão...Nossa evolução espiritual nos permite julgar os povos.
Voltamos nossos elevados pensamentos para o céu e 
assim ignoramos a fome que assola o mundo, porque políticas e politicos não nos interessam....
Não queremos saber dos pobres e oprimidos,
 porque Deus privilegia os privilegiados...( esta ouvi em um curso espiritualista a semana passada)...
Vamos apenas falar de beleza e paz....
Ignoremos as injustiças e a dor, pois maus pensamentos
 não conspiram para um futuro melhor...
O que penso pode não ser a verdade, mas eu lhes digo, 
se o "mundo vai acabar" quero ficar aqui e talvez segurar a mão de alguém quando o final chegar...
Quem somos nós para dizer que seremos salvos?
Quem somos nós para explicar o mundo?
Quem somos nós para explicar porque uma criança de 3 anos e uma senhora paralítica de 70 anos são violadas para satisfazer os senhores da guerra?
Quem somos nós? Que nos recusamos a assumir a responsabilidade por fazer a mudança neste planeta, ao invés de pregar sua destruição?
Quem somos nós para escravizar outras espécies de vida? 
Quem somos nós que apontamos os pecados dos nossos irmãos, 
mas somos incapazes de estender a mão para afagá-lo?
Quem somos nós que que canalizamos os anjos e não escutamos os gritos de nossas crianças?
Eu lhes pergunto: quem somos nós?


SOBRE DIREITOS AUTORAIS

As fotos, figuras, textos, frases visualizadas neste blog, são de autorias diversas. Em alguns casos não foram atribuidos os créditos devidos por ignorância a respeito de sua procedência. Se alguém tiver
alguma objeção ou observação por favor contatar-me.
Namastê























CURRENT MOON