Era uma vez...

E como encontraram
Tal qual encontrei
Assim me contaram
Assim vos contei...

17 de abril de 2008

Poetas



Haverá poetas!Quando a desmedida servidão da mulher for rompida,Quando ela viver para si e por si mesma, o homem – até então execrável – a terá deixado partir, e ela, também ela será poeta! A mulher encontrará o desconhecido! Serão os mundos de suas idealizações diferentes dos nossos? Ela irá se deparar com coisas estranhas, insondáveis, repelentes, cheias de maravilha; nós as tomaremos, nos as compreenderemos. “(Rimbaud)

SOBRE DIREITOS AUTORAIS

As fotos, figuras, textos, frases visualizadas neste blog, são de autorias diversas. Em alguns casos não foram atribuidos os créditos devidos por ignorância a respeito de sua procedência. Se alguém tiver
alguma objeção ou observação por favor contatar-me.
Namastê























CURRENT MOON