Era uma vez...

E como encontraram
Tal qual encontrei
Assim me contaram
Assim vos contei...

30 de janeiro de 2013

Clarice Lispector, carta para Olga Borelli,Rio de Janeiro, 11/12/1970.


 

"Acontece que eu achava que nada mais tinha jeito.
Então vi um anúncio de uma água de colônia da Coty, chamada Imprevisto.
O perfume é barato. Mas me serviu para me 
lembrar que o inesperado bom também acontece.
E sempre que estou desanimada, ponho em mimo Imprevisto.
Me dá sorte".

SOBRE DIREITOS AUTORAIS

As fotos, figuras, textos, frases visualizadas neste blog, são de autorias diversas. Em alguns casos não foram atribuidos os créditos devidos por ignorância a respeito de sua procedência. Se alguém tiver
alguma objeção ou observação por favor contatar-me.
Namastê























CURRENT MOON