Era uma vez...

E como encontraram
Tal qual encontrei
Assim me contaram
Assim vos contei...

18 de janeiro de 2011

Comecei a observar as estrelas quando ainda era uma menina...
Lembro-me de quando minha mãe me disse “Hoje vamos lá na casa da Dona Marlene – a vizinha que tinha televisão, ver o homem pousar pela primeira vez na Lua...”
Fiquei absolutamente encantada pelo fato de ser possível que o homem fosse a Lua...
Afinal isso significava que a Lua era um “mundo”...e portanto deveria haver 
outros tantos mundos além da Lua! 
Pouco tempo depois já havia extraído dos adultos ao meu redor, 
os parcos conhecimentos de astronomia que eles guardavam, 
me aventurava pela mitologia e minha mãe diz que eu era uma maquininha 
de fazer perguntas que não tem respostas...
  Muitos anos se passaram até que em uma madrugada, 
desviando os olhos do livro que estava lendo para fazer uma reflexão, 
olhei para o céu e vi três estrelas semelhantes e alinhadas...
Meu coração deu um salto, a meses eu procurava no céu um ponto 
de referência para poder me localizar e finalmente havia encontrado as "Três Marias" ou 
o Cinturão de Órion. 
Órion a partir de então me guiou na descoberta de outras constelações: 
a esquerda de Órion está Touro, a direita o Cão Maior, cuja estrela alfa é Sirius, 
a estrela mais brilhante do céu...
É indescritível se deparar com uma nebulosa ou com um aglomerado de estrelas...
Observar o  universo sempre me lembra da enorme complexidade do Grande Mistério...
Experimente...

SOBRE DIREITOS AUTORAIS

As fotos, figuras, textos, frases visualizadas neste blog, são de autorias diversas. Em alguns casos não foram atribuidos os créditos devidos por ignorância a respeito de sua procedência. Se alguém tiver
alguma objeção ou observação por favor contatar-me.
Namastê























CURRENT MOON