Era uma vez...

E como encontraram
Tal qual encontrei
Assim me contaram
Assim vos contei...

4 de julho de 2009


Ela teimou e enfrentou o mundo

Se rodopiando ao som dos bandolins

Como fosse um lar, seu corpo a valsa triste iluminavae a noite caminhava assim

E como um par o vento e a madrugada iluminavam

A fada do meu botequim
Valsando como valsa uma criança

Que entra na roda, a noite tá no fim

Ela valsando só na madrugada

Se julgando amada ao som dos bandolins

( Oswaldo Montenegro)

SOBRE DIREITOS AUTORAIS

As fotos, figuras, textos, frases visualizadas neste blog, são de autorias diversas. Em alguns casos não foram atribuidos os créditos devidos por ignorância a respeito de sua procedência. Se alguém tiver
alguma objeção ou observação por favor contatar-me.
Namastê























CURRENT MOON